Kishimoto Masashi é um dos nomes mais conhecidos na cultura pop japonesa e um ícone no mundo do mangá. Ele é o criador de Naruto, uma série que teve grande sucesso tanto no Japão quanto no mundo todo. Sendo um grande talento na arte do desenho, é natural se perguntar qual dos personagens criados por ele é o seu favorito para desenhar.

Embora não tenha tornado isso totalmente claro em suas entrevistas, Kishimoto já deixou claro que Naruto é o seu personagem favorito da sua própria criação. Ele frequentemente desenha e retrata Naruto de maneiras diferentes, como se fosse um desafio que ele adora abraçar. Mas o que faz do jovem ninja laranja o personagem favorito de Kishimoto?

Naruto é um personagem que é amado tanto pelo público quanto pelos criadores, porque ele é muito bem desenvolvido e tem muitas facetas diferentes. Ele é simpático, engraçado, corajoso e sempre disposto a ajudar seus amigos e as pessoas em geral. Ele é um personagem dinâmico e multifacetado que enfrenta desafios tanto pessoais quanto emocionantes, ao longo de toda a série.

O que torna o amor de Kishimoto por Naruto ainda mais especial é que o personagem é de fato um reflexo do próprio criador. Kishimoto revelou em uma entrevista anterior que ele acrescentou elementos da sua própria personalidade ao personagem, como o amor por ramen. Como tal, Naruto é quase um alter-ego para Kishimoto.

Para Kishimoto, desenhar Naruto é uma forma de se expressar artisticamente e emocionalmente. Ele pode mostrar diferentes emoções por meio do personagem, como alegria, tristeza, raiva, empolgação e muito mais. Isso faz com que o processo de desenho seja mais envolvente e animado para ele, já que é capaz de experimentar diferentes estados de espírito enquanto desenha seu personagem favorito.

O amor de Kishimoto por Naruto é um reflexo de como a cultura pop japonesa valoriza seus personagens. Os personagens nos mangás e animes são mais do que apenas figuras em uma história – eles são emblemas para a própria cultura. Eles são uma parte importante do folclore e da identidade dos jovens japoneses, um reflexo de sua própria personalidade e experiências.

Os personagens populares no Japão, como Naruto, têm o poder de transcender as fronteiras culturais e ganhar fãs em todo o mundo. Eles são amados e apreciados por pessoas de diferentes origens e culturas porque sua mensagem é universal. Em outras palavras, Naruto é um personagem que pode falar com pessoas de todo o mundo, independentemente da língua ou cultura.

Em conclusão, Kishimoto ama desenhar Naruto porque o personagem é uma extensão dele mesmo – cheio de nuances e personalidade únicas. Ele é um exemplo perfeito da maneira como os personagens nos mangás são uma parte importante da cultura japonesa, refletindo a personalidade e as experiências dos jovens japoneses. Naruto também atrai um público global de fãs que apreciam a arte do desenho e o ritmo emocionante dos mangás.